Da Praia do Espelho a Caraíva

A vista da Praia do Espelho from Outeiro já era suficiente para superar as expectativas, porém aproveitar para conhecer mais um pouco do sul da Bahia era uma verdade. Logo no café da manhã um casal simpatissíssíssíssimo, ele belga e ela carioca, me convidou para dividir o aluguel de uma lancha. Até o final da manhã o valor do passeio não havia sido fechado com o Toninho, dono da lancha. Ele não queria baixar os R$ 400tão do aluguel. A carioca e eu íamos encarar, mas o gringo, nem a pau. Meu pai diz que europeu é assim, valoriza bem mais a bufunfa.

Se enxergue...

O que acontece é que esse lenga-lenga foi até o meio dia, quando finalmente…tcharam, encaramos o passeio de carro mesmo. :-? Quase uma hora de estrada de terra, “massetando” naqueles buracos para chegar ao nosso destino. Caraíva. É um vilarejo de pescadores que, com energia elétrica instalada há quase 3 anos, atrai os descolados e os “sem frescuras”, há muito mais tempo.

Deixamos o carro do lado de cá do rio Caraíva, atravessamos de barco para o lado de lá, e iniciamos um passeio no manguezal. Caranguejos, raízes e uma água transparente montavam o cenário que o rapaz do barco desbravou sem demonstrar dificuldade. Haja braço. R$ 25.

O lado de lá...

Like a Titanic

Um silêncio manguezal...

Mesmo sendo baixa estação não conseguimos um buggy disponível para nos levar até a Ponta do Corumbau, reduto de endinheirados – um dia eu chego lá #ambíguo. Motivos tivemos para sentar no Ponto dos Mentirosos e encarar um pastel de camarão e um peixe na telha (R$ 68 para duas pessoas), do Boteco do Pará. Famoso pela qualidade da comida, prepara também uma cocada com banana e chocolate pra ninguém botar defeito. A galera fica ali vendo a vida passar, ou melhor, a água do rio descer. Seja quando o mar invade o rio, seja quando a maré desce e deixa a água calminha, calminha, como as ruazinhas entre as casas e pousadas de Caraíva. Trajeto dos turistas e moradores, essas ruazinhas escancaram a tranqüilidade do local e escondem, até o começo da noite, o forró que alegra a vida da galera até altas horas.

Mesmo sem lancha, me achei o rei da cocada preta!

Aproveitamos a tarde toda e voltamos para o Outeiro, na Praia do Espelho.

PS: Só pra constar: que raio de cálculo é esse que o Toninho faz para não querer reduzir a tarifa da lancha? Ela ficou parada no mesmo lugar 3 dias e quando alguém quer alugar, ele num dá um descontinho? It doesn’t make sense for me. Anyway…

Onde ficar? Pousada Vila do Mar. De R$ 250 a R$ 400 a diária em alta temporada. Feriados, dias especiais, aniversário da sogra, os valores podem sofrer alteração. Claro que para mais…😉

Distância? De Porto Seguro: aproximadamente 3 horas de carro. Mais da metade de estrada terra. Da Praia do Espelho: pela praia, uns 9 km, 1h30 de caminhada passando por praias paradisíacas; de carro, pela estrada medonha, 1 hora.

5 Responses to “Da Praia do Espelho a Caraíva”


  1. 1 Luiz Henrique Matos Janeiro 20, 2010 às 8:08

    Léo,

    Você vai concordar comigo que, se o Toninho baixasse o preço dos $400 para seja lá quanto vocês pedissem, logo logo um blogueiro como você já iria dar com a língua nos dentes (ou os dedos nas teclas) e postar que “o carinha da lancha cobra $400, mas se você chorar um pouco ele dá um bom desconto”.

    Belo post!
    🙂

    Abraço,
    LHM

  2. 3 Cintia Janeiro 20, 2010 às 22:31

    Leo, vc desceu o rio de bóia?

  3. 5 Ahab Maio 20, 2013 às 11:15

    Ótimo post, e incrível esse lugar. Não tem como não ter vontade de visitar todo canto dessas paisagens naturais. Uma viagem e tanto.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Siga-me no Twitter


%d bloggers like this: